A Educação profissional é a base da profissão.

A Educação profissional é a base da profissão.
Arquivo HighPluss Treinamentos, 2017.

sábado, 27 de outubro de 2012

“Profissionais não podem parar de estudar”, diz Max Gehringer


O comentarista da Rádio CBN e da TV Globo enfatizou, durante o Ciclo de Conferências na CNT, que manter-se atualizado é fundamental para aproveitar as oportunidades do mercado de trabalho.

Foto: Júlio Fernandes/Agência Full Time“Profissionais não podem parar de estudar”, diz Max GehringerCNT, Escola do Transporte e Sest Senat promoveram a palestra gratuitamente
A segunda palestra do IV Ciclo de Conferências promovido pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), Escola do Transporte e Sest Senat, em Brasília, foi realizada nesta quinta-feira (25) com o administrador de empresas e comentarista da Rádio CBN e da TV Globo, Max Gehringer. Ele abordou, de forma bem humorada, diversas situações que envolvem o ambiente corporativo.

Segundo ele, o mundo está em constante processo de transformação - e cada vez mais rapidamente – sendo que todos devem se adaptar a essa nova realidade. Uma das principais mudanças é a maior participação das mulheres no mercado de trabalho em cargos de liderança. “Hoje em dia 60% dos alunos que entram nas faculdades são mulheres. E mais da metade das pessoas que abrem negócios no Brasil, 55%, segundo o Sebrae, são mulheres”, disse.

Outro ponto destacado por Gehringer é a necessidade da atualização em relação aos estudos. Até porque, se o profissional só sabe desempenhar um determinado papel dentro da empresa, essa função pode ser desnecessária amanhã, por isso é preciso aprender coisas novas. “Eu nunca parei de estudar, sejam cursos técnicos, de graduação ou mesmo temas de interesses diversos. O importante é não parar nunca. Não existem coisas ridículas ou coisas mal aproveitadas, existem coisas que não ainda não descobrimos ainda como aproveitar”, ressaltou.

Em relação à qualificação profissional, ele explicou que a atual grande lacuna no Brasil é a falta de profissionais com formação técnica. Ter um curso superior não é mais diferencial algum, na avaliação de Gehringer. “O maior contingente de desempregados no Brasil é formado por jovens de até 25 anos com curso superior completo e que nunca trabalharam. Se você quiser, é possível marcar um atendimento para amanhã com um médico, advogado ou esteticista, por exemplo. Mas com um pedreiro ou marceneiro, está muito difícil. E esses profissionais definem o quanto querem ganhar, o que não acontece em outras situações”.

O comentarista max2261012.jpgtambém reforçou a importância da socialização no ambiente de trabalho. “Gente é igual em qualquer lugar. Se eu entender de gente, não preciso entender o resto. Tive muitas chances de crescimento por saber conversar. Você pode ser o melhor aluno do colégio sem conversar com ninguém na escola. Mas numa empresa, você tem que interagir bem com outras pessoas, senão, não dá certo”, garantiu.

Carreira
Um dos últimos temas tratados por Max Gehringer em sua palestra na CNT foi a questão da realização profissional. De acordo com ele, nem todos almejam cargos de chefia, e o importante é fazer o que gosta. “De cada dez pessoas, sete nunca serão promovidas na vida. E uma, em mil, chegará ao topo. Temos que fazer o que nos traz satisfação”.
​ 
Fonte: Aerton Guimarães - Agência CNT de Notícias
Publicado em 26/10/2012 por Agência CNT de Noticias

Um comentário:

  1. Gostei da qualidade do conteúdo divulgado sobre a Palestra do Max Gehringer na CNT. Sem dúvida, não podemos parar de estudar. A vida é um eterno aprendizado! Abraço e sucesso, Palestrante José Rovani

    ResponderExcluir